Depilação a laser: descubra tudo que você precisa saber

Tempo de leitura: 5 minutos

A presença de pelos pelo corpo, sendo ou não em partes visíveis, ainda causa muito desconforto, especialmente no público feminino. E não é só por motivos estéticos: muitas pessoas sofrem com pelos encravados ou com processos alérgicos por conta dos produtos usados durante a depilação. Uma boa solução para todos esses problemas é a depilação a laser.

Apesar de muitas pessoas saberem desse método de remoção de pelos, a insegurança para investir na técnica é grande. Na maioria das vezes, isso acontece por falta de conhecimento e informação.

Portanto, nós resolvemos fazer esse post explicando tudo o que você precisa saber sobre esse procedimento, nos mínimos detalhes. Continue por aqui e tire todas as suas dúvidas!

O que é a depilação a laser?

Em termos gerais, é uma técnica que usa a energia luminosa do laser para remover os pelos de forma gradual. É um método que vale a pena o investimento, já que consegue eliminar diversos problemas que os pelos costumam causar.

O procedimento, por mais vantagens que tenha, não consegue remover 100% dos pelos, visto que uma porcentagem mínima volta a crescer. Por esse motivo, a interpretação do método como sendo uma depilação definitiva é uma concepção errônea (mesmo chegando próximo desse objetivo).

Como ela funciona?

O mecanismo de remoção dos pelos é bem simples e tem a ver, basicamente, com o calor que o feixe de luz do laser consegue emitir.

A sua energia é atraída por uma substância presente no pelo: a melanina. Essa proteína é a mesma que temos na pele e que dá a cor da cútis e fios que nascem no corpo. A energia é tão grande que consegue destruir o folículo capilar, impedindo que os fios cresçam novamente naquele local.

Quando o fio não consegue ser destruído, o laser consegue fazer com que o folículo não consiga produzi-lo na mesma velocidade que antes do tratamento. Por conta disso, mesmo os fios que persistem acabam demorando muito mais tempo do que o normal para crescer.

O procedimento é doloroso?

Esse é um dos principais motivos pelo qual as pessoas fogem da depilação a laser, mas isso não deve ser uma preocupação: ao contrário do que se prega por aí, a técnica não é tão dolorosa e causa muito menos incômodo do que uma depilação com cera, por exemplo.

Além do mais, dor é algo muito subjetivo. Algumas pessoas possuem um limiar de dor elevado, nada sentindo durante o procedimento. Por sua vez, pessoas mais sensíveis podem sentir algum incômodo no momento em que há o disparo do feixe de luz do aparelho.

Para quem é indicada?

Não há nenhuma restrição. Se você, entre outros problemas, se incomoda em ter que remover os pelos sempre, sofre com os que ficam encravados ou desenvolve alergias, esse método é ideal!

O laser tem melhores resultados nas pessoas que possuem pele branca e pelo escuro. Caso você tenha estas características, o procedimento será mais eficiente e eficaz. Porém, isso não significa que o laser não possa ser aplicado nas mais diversas tonalidades de pele.

Com as novas tecnologias e os aparelhos a laser se desenvolvendo cada vez mais, é possível adequar a frequência do feixe de luz para cada tom de pele. Você só precisa procurar por profissionais capacitados para realizar o procedimento sem riscos.

Como a pele fica depois da 1ª sessão?

A pele fica avermelhada e com uma temperatura mais elevada, mas isso dura apenas de 2 a 4 horas. Após a sessão, é necessário ter alguns cuidados, como não se expor ao sol por 7 dias e proteger a área com frequência fazendo uso de um filtro solar.

Qual a quantidade de sessões necessárias?

Isso depende do tipo de pele de cada um. Porém, em média fica em torno de 10 sessões. Mesmo que você tenha poucos pelos, eles não conseguirão ser eliminados em apenas uma etapa.

Deve haver, pelo menos, um intervalo de 30 a 45 dias entre uma sessão e outra, a fim de deixar que a pele descanse e se recupere. Mesmo que não sejam imediatos, os resultados são percebíveis desde o primeiro procedimento.

Quais os cuidados para antes e depois da sessão?

Antes do tratamento, você deve evitar tomar banho de sol por, pelo menos, 2 semanas. Sendo assim, nada de praia ou piscina por esses dias. Também não pode realizar procedimentos de depilação que arranquem os fios desde a raiz, nem esfoliar a região tratada. Depois da sessão, essa proteção do sol também é necessária.

Quais as contraindicações?

Apesar de ser um procedimento que pode ser feito por qualquer pessoa, algumas possuem certas restrições. Como:

  • gestantes;
  • portadores de doenças psiquiátricas;
  • quem possui patologias da pele;
  • pessoas com cortes ou feridas no local da depilação;
  • hipertensos;
  • pacientes com câncer.

Quanto custa uma sessão de depilação a laser?

Outro motivo que afasta as pessoas das clínicas de depilação é o valor da sessão que varia de R$ 100 a R$ 150. Porém, muitas clínicas costumam fazer pacotes e oferendo parcelamentos, facilitando o pagamento.

É claro que se formos comparar o valor de uma sessão com o de uma depilação normal, feita com cera, o valor é superior. Porém, se você analisar o custo-benefício, investir seu dinheiro na depilação a laser vale muito mais a pena, com tantas vantagens que esse procedimento agrega, além de representar um valor menor em longo prazo.

Quer saber mais sobre a depilação à laser e tirar dúvidas? Basta entrar em contato conosco responderemos a todas as suas perguntas!

Sobre Clinica Eva

Clinica Eva

A Clínica EVA valoriza o cliente, prestando atendimento sempre de forma ética e transparente, identificando as suas reais necessidades e proporcionando a melhor experiência em alcançar beleza e bem estar. Trabalhamos com o que existe de melhor para tratamentos corporais, faciais e depilação a laser, com profissionais preparados e qualificados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *